A Letra Resh - Alfabeto Hebraico



Resh ר é a vigésima letra do Alfabeto Hebraico. De forma semelhante, o vigésimo livro da Bíblia é מִשְלֵי Míshlê - Provérbios.

Embora a letra ר resh esteja colocada perto do final do alef-bet, o seu significado primário é "princípio" e "sabedoria". Há quatro "princípios" no alfabeto hebraico, que são relativos a quatro diferente letras.

O início ordinal é a letra א álef, por ser a primeira do alef-bet. Foneticamente, o princípio é representado pela pronúncia da letra ה Hê, o sopro divino, o início da verbalização de todas as palavras de Deus que criaram o universo no princípio.

Na escrita, todas as letras hebraicas se iniciam pela letra י yod, e depois recebem sua forma particular e característica.

Essas quatro letras combinadas, escrevem a palavra אַרְיֵה aryeh, "leão", o primeiro dos quatro animais "santos" da Carruagem de Ezequiel.

"E a semelhança dos seus rostos era como o rosto de homem; e do lado direito todos os quatro tinham rosto de leão" Ezequiel 1:10

Elas também podem ser combinadas para formar a palavra יִרְאָה yirah, "temor".

"O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, e o conhecimento do Santo a prudência". Provérbios 9:10

Temor, o princípio da sabedoria, corresponde ao estado em que nossas almas se encontram. Porque o temor abate o ego, quebra a dureza de coração e o egocentrismo que impede a pessoa de perceber a realidade que está fora, outside, de si mesmo, e o torna perceptível à essência Divina que pode ser encontrada em tudo e em todos.

As duas letras finais que formam o nome da letra Resh רֵישׁ são as letras yud e shin, que juntas formam a palavra יֵשׁ yesh, que significa "substância", "matéria", "existência".

Em geral yesh está, na visão espiritual do texto, identificada com a consciência de que o ego é uma entidade independente, é "a existência" ou a "matéria" que domina o ser.

Mas a Torá nos ensina que que essa "matéria" de baixo, que é desta realidade, deste mundo inferior, e que parece ser independente do seu Criador, na verdade serve para refletir a absoluta "existência". Aquele que é a verdadeira "substância" e que é a causa primária de todas as coisas. Aquele que realmente é:

"E disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós." Êxodo 3:14

O termo Resh com essa dualidade, remete yesh "a existência" do nosso ser lá para o princípio onde a "substância" estava "sem forma e vazia".

"E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas." Gênesis 1:2

Isso reflete muito o ensinamento que o nosso Mestre Jesus nos deixou, quando falou a Nicodemos sobre o novo nascimento.

Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. João 3:5

 Aprenda o HEBRAICO e o Grego Bíblico! Leia a Bíblia no seu Idioma Original!

E o que seria nascer da água e do Espírito? O texto Bíblico em que encontramos especificamente essas palavras, "água" e Espírito, está no livro de Gênesis, conforme citamos acima, "o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas".

E como estava a substância, "a terra" nesta passagem? Estava sem forma, estava vazia. E é a isso que Jesus se referia, da desconstrução do "Eu", do ego, do esvaziamento de si mesmo, de perder esta forma cheia de conceitos humanos, do se tornar "nada" e aprender a se deixar ser recriado por Deus, como a terra foi lá no princípio.

O princípio da sabedoria divina passa pelo "nada", pelo "vazio". Veja que o lugar mais sagrado do Templo dos Judeus, o Santo dos Santo, quando o general romano Pompeu invadiu Jerusalém, ele esperava encontrar no Santo dos Santos o maior de todos os ídolos de Israel.

Porém Pompeu se surpreendeu de encontrar somente um lugar vazio.

A Guemátria de Resh

Resh tem guemátria de 200 e está próxima da letra Tav que tem guemátria 400. Veja que Resh significa princípio, está próximo do final do alef-bet e tem a guemátria que é precisamente a metade de 400, o final.

Isto é porque a sabedoria é um processo com princípio, meio e fim, até a alcançarmos. O princípio é o temor do Senhor, o ego tem que primeiro ser chocado, sacudido pelo temor a Deus.

O meio é Resh, que nos remete para o princípio e para o nascer de novo; e o final é Tav (a última letra do alef-bet), e Tav. como já vimos em uma aula anterior, tem a sua pictografia na forma de uma Cruz.

O princípio da sabedoria é o temor do Senhor, e o final é a Cruz, o Sacrifício eterno de Jesus - está é a sabedoria que vence o mundo!

 Aprenda o HEBRAICO e o Grego Bíblico! Leia a Bíblia no seu Idioma Original!

Comentarios