Moisés – Tire as Sandálias de Teus Pés

Estudos Bíblicos22 Fevereiro, 2014Por Israel do Nascimento Silva


Pastoreando as ovelhas de seu sogro, Jetro, Moisés chega ao Monte חֹרֵב Chorev, “Horeb”, também conhecido como Monte Sinai.

Lá, uma estranha aparição chama a atenção de Moisés: uma sarça que mesmo em chamas, não era consumida pelo fogo.

Quando Moisés se vira para ver melhor o que ocorria, uma voz, repentina, começa a falar:

“Moisés, Moisés... Não te aproximes daqui. Tira as sandálias dos teus pés, porque o lugar em que te encontras é uma terra santa.” Êxodo 3:4-5

Em uma análise superficial do texto, percebemos que as primeiras palavras de Deus a Moisés soam um tanto desapontadoras. O episódio da Sarça Ardente é o primeiro encontro entre Deus e Moisés, e é a partir deste encontro que ele é introduzido a sua divina e histórica missão.

Talvez, palavras que o identificassem, como “Eu sou o Deus de teus pais, o Deus de Abraão, Isaque e Jacó”, fossem mais significantes para o início de um diálogo.

Ou, quem sabe, Deus poderia ter começado, explicando a importância histórica e espiritual da jornada que Moisés estava para começar, liderando o Seu povo para a terra prometida.

Mas essas são apenas especulações humanas. Deus, o Senhor, o Supremo Poder e Conhecimento, sabe de todas as coisas, e Ele tem a sua própria e perfeita maneira de se relacionar com seus servos.

Mas mesmo sabendo disso, ainda assim fica uma indagação sobre essa abertura de conversação que Ele usou para com Moisés.

Porque, então, Deus inicia seu relacionamento com Moisés com esses, aparentemente, estranhos mandamentos “Não te aproximes daqui...Tira as sandálias dos teus pés”? Será que há significados mais profundos para essas palavras?

tire as sandálias de teus pés pois o lugar que pisas é terra santaMoisés é Mandado a Tirar as Sandálias dos Seus Pés.



O rabino Rambam chama a atenção para um grande contraste que emerge dos dois encontros entre Deus e Moisés no Sinai. Um contraste que mostra o crescimento de Moisés no seu ministério profético.

No estabelecimento de sua jornada, Moisés é comandado a não se aproximar da sarça ardente. Tempos depois, entretanto, quando ele retorna ao Sinai, já com os Israelitas que haviam sido libertados do Egito, o Êxodo registra:

“E o povo estava em pé de longe. Moisés, porém, se chegou à escuridão, onde Deus estava.” Êxodo 20:21

A habilidade de Moisés em se aproximar de Deus não surgiu como algo repentino, mas ao contrário, vai se desenvolvendo à medida que sua jornada espiritual progride.

Tire as Sandálias de Teus Pés

Mesmo concordando que no nível da peshat (o sentido literal do texto), Moisés é ordenado a remover suas sandálias em resposta à santidade criada pela presença de Deus, muitos outros comentaristas do Antigo Testamento vão além, e sugerem outras interpretações simbólicas para essa passagem.

Rabbeinu Bachya, por exemplo, propõe que a retirada das sandálias de Moisés representa a obrigação de “remover” todos os aspectos físicos da nossa existência, que possam servir de impedimento para se chegar à santidade.

“Assim como um indivíduo pode retirar seus sapatos”, dizia Bachya, “ele também tem o poder de remover de si mesmo as dimensões físicas da existência, para se tornar preparado para a visão profética”.

Sem Santidade Ninguém Pode Ver Deus

As primeiras palavras de Deus a Moisés são então um convite a deixar o físico para entrar no mundo espiritual. A sarça ardente representa o aspecto da existência de Deus, que permanece incompreensível ao homem.

Deus por isso avisa, “Não te aproximes...Tire as sandálias de teus pés...”, “Ao invés de ficar tentando entender um fenômeno que está além da sua compreensão, entenda o elevado senso de santidade que este solo representa, e se renda totalmente, se entregue totalmente ao Senhor”.

A remoção das sandálias representava a disposição do indivíduo a se tornar vulnerável à שכינה Shekhinah , a divina presença, pois as sandálias formavam uma proteção para os pés, uma barreira física entre os pés de Moisés e o solo santificado pela divina presença.

a história de Moisés e as sandáliasAs Sandálias Representavam o Impedimento na História de Moisés.



O remover desta “proteção”, fez com que Moisés ficasse vulnerável à presença de Deus, e pudesse entrar em contato direto com a santidade, tocando-a com seus pés, com seu próprio corpo.

“Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.” Hebreus 12:14

Séculos após o encontro entre Deus e Moisés, os Kohanim (sacerdotes), no Templo, iriam desempenhar as suas funções com os pés descalços, simbolizando o seu desejo pelo contato direto com a santidade da Presença de Deus.

Em Espírito e em Verdade

Em uma outra interpretação, Deus diz a Moisés:

  • 1. “Não te aproximes...” - Não busque por mim em uma visão simbólica de uma sarça em chamas.
  • 2. “Tire as sandálias de teus pés...” – Eu posso ser encontrado no seu próprio mundo, onde você vive.
  • 3. “O lugar em que te encontras é uma terra santa...” – “Kedusha”, santidade, pode ser achada onde quer que você esteja. Você será meu parceiro na busca da santidade para este mundo. Você será desafiado a ser um “mekadesh Shem Shamayim”, santificar o nome do Senhor todos os dias da tua vida”

Em resumo, este era o mesmo caminho que nos mostrou o nosso Mestre Jesus. Com Ele também aprendemos que Deus está onde estivermos, e a santidade é um desafio diário. Buscar a santidade é fazer a vontade de Deus.

“Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome... assim na terra como no céu;” Mateus 6:9-10

“Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.” João 4:24

Tire o Impedimento

Foi o mesmo Jesus quem nos advertiu sobre tudo o que possa nos impedir de entrar em contato com a santidade. Suas palavras estão em total conexão com o mandamento recebido por Moisés para retirar as sandálias, para retirar o impedimento:

Portanto, se o teu olho direito te escandalizar, arranca-o e atira-o para longe de ti; pois te é melhor que se perca um dos teus membros do que seja todo o teu corpo lançado no inferno.

E, se a tua mão direita te escandalizar, corta-a e atira-a para longe de ti, porque te é melhor que um dos teus membros se perca do que seja todo o teu corpo lançado no inferno. Mateus 5:29-30



Leia Também:

moisés no rio nilo, dentro de um cestinho
O Nascimento de Moisés
A trajetória de Moisés em rumo a liderança de Israel só começa
moisés e a sarça ardente
A Sarça Ardia Mas Não Se Consumia
E apareceu-lhe o anjo do Senhor em uma chama de fogo do
a escravidão de Israel no egito
A Escravidão dos Hebreus no Egito
Faraó elabora um malicioso plano, detalhado em várias
Comentários