A História do Dilúvio - Noé Entra na Arca

Estudos Bíblicos29 Novembro 2013Por Israel do Nascimento Silva


Quando analisamos a história de Noé, e a entrada dele e de sua família na arca, por ocasião do dilúvio que Deus estava por trazer sobre a terra, acabamos por perceber algumas variações importantes no fluxo do texto.

O Gênesis traz uma descrição precisa e detalhada da ordem em que Noé, sua esposa, seus filhos e as mulheres de seus filhos entram na arca.

"Noé entrou na arca, e com ele seus filhos, sua mulher e as mulheres de seus filhos, por causa das águas do dilúvio." Gênesis 7:7

"E no mesmo dia entraram na arca Noé, seus filhos Sem, Cão e Jafé, sua mulher e as mulheres de seus filhos." Gênesis 7:13

Depois que as águas do dilúvio secaram sobre a terra, Deus ordena que eles saiam da arca:

"Então falou Deus a Noé dizendo: Sai da arca, tu com tua mulher, e teus filhos e as mulheres de teus filhos." Gênesis 8:15-16

E quando finalmente Noé e sua família saem da arca, a Torah novamente registra em detalhes como este evento ocorre:

"Então saiu Noé, e seus filhos, e sua mulher, e as mulheres de seus filhos com ele." Gênesis 8:18

Dentro desta análise, é natural nos questionarmos dos motivos que levaram ao Gênesis fazer um registro com tantos detalhes, informando até mesmo a ordem da entrada e saída da arca. Neste relato, nós somos informados de quem entrou primeiro, quem saiu por último, realmente é algo curioso.

Levando em conta que cada palavra do texto bíblico foi colocada para o nosso ensinamento, é de se esperar que haja, nesta passagem, camadas de interpretação com mensagens valiosas a acrescentar ao nosso conhecimento.

Noé entra na arcaNoé Entrou na Arca e Ninguém Percebeu.

Seja Bacharel em TEOLOGIA! Curso Completo e Sem Mensalidades!

Homens e Mulheres Entram Separadamente na Arca

Então, observando a ordem de entrada na arca, vemos que os homens e mulheres são listados separadamente. "Noé entrou na arca, e com ele seus filhos, sua mulher e as mulheres de seus filhos, por causa das águas do dilúvio." Gênesis 7:7.

Comentando sobre essa separação, quando a família de Noé entra na arca, um dos mais famosos exegetas do Antigo Testamento, Rashi, explica "homens separadamente, mulheres separadamente: relações maritais são proibidas durante o tempo em que o mundo está submerso em tristeza e tragédia."

Seria totalmente inapropriado para Noé e sua família, continuarem suas vidas como se tudo estivesse normal, em um momento em que a destruição literalmente chovia dos céus sobre o mundo. Mesmo que o dilúvio fosse inevitável, e que a corrupção humana o tivesse causado, os tripulantes da arca são proibidos de ignorarem a dor e o sofrimento que ocorria do lado de fora.

A bíblia frequentemente nos avisa que é imoral para o homem viver em uma espécie de "vácuo" sentimental. Somos proibidos de ignorar a dor e o sofrimento dos outros.

Noé e Sua Família Saem da Arca

O dilúvio acaba. Toda a terra está seca novamente. E Deus manda que Noé e seus familiares deixem a arca. Mas o Senhor muda a ordem em que eles devem sair, "Então falou Deus a Noé dizendo: Sai da arca, tu com tua mulher, e teus filhos e as mulheres de teus filhos." Gênesis 8:15-16

Deus manda que homem e mulher saiam juntos, em pares, formando casais. Este é um convite a reconstruir e a repopular o mundo, que se torna em mandamento divino. Retomar os relacionamentos familiares, formar famílias não é apenas um direito, mas uma obrigação.

Mas repare no verso 18, que o desejo de Deus não é cumprido:

"Então saiu Noé, e seus filhos, e sua mulher, e as mulheres de seus filhos com ele." Gênesis 8:18

Noé e sua família deixam da arca, porém homens e mulheres saem separados, Noé com seus filhos, e a mulher de Noé com suas noras. E porque essa separação é conscientemente mantida por eles, mesmo quando o dilúvio já havia terminado?

Esta dificuldade que eles encontram é uma peça chave para entendermos, em termos humanos, o final da história de Noé. Imagine a cena de total devastação que vai se revelando à medida que Noé e seus filhos vão descendo da arca.

Uma profunda desesperança e um esmagador sentimento de solidão, em face de tamanha tragédia e destruição, que os fazem não ter tanta fé assim no futuro. Nem podiam imaginar possibilidade alguma de reconstruir e repopular todo o mundo, apartir de apenas oito pessoas.

Noé e seus filhos estão paralisados com o que se mostra diante deles. Eles não conseguem confiar em Deus e nem neles mesmos. E ficam incapazes de acreditar na benevolência e na proteção de um Deus que poderia trazer destruição de tal escala, sobre a humanidade.

Homens e Mulheres saem separados da arca porque eles não conseguiam sequer imaginar algum futuro.

Essa é uma mensagem muito atual, que encontra seus ecos em todos os dias da nossa existência. Quantas vezes o nosso "mundo" não é destruído, os nossos sonhos, a nossa esperança, o desejo por uma vida, um casamento feliz.

Há momentos que um verdadeiro dilúvio de problemas vem, parecendo que vão nos afogar, um tsunami, ondas gigantes que seguem arrasando toda terra construída do nosso coração. São tantas as possibilidades, quem sabe a saudade, a dor terrível da separação, ou da morte de alguém tão querido e amado por nós.

Talvez seja a onda gigante do medo pela perda de um emprego, que leva a certeza do sustento da família, e isso muitas vezes gera crises de baixa estima e depressão. E agente fica assim como Noé, sua esposa e seus filhos, há uma pausa no fluxo natural da vida durante o tempo de dor.

Mas não podemos nos deixar ficar paralisados eternamente. Há um tempo para todas as coisas. Há o tempo de angústia, mas há também o socorro que vem dos céus.

"Levantarei os meus olhos para os montes, de onde vem o meu socorro. O meu socorro vem do Senhor que fez o céu e a terra." Salmos 121:1-2

E é isso que Deus ordena a Noé e sua família. Era chegado o tempo de sair unidos da arca, era tempo de recomeçar. E Deus os responde de várias maneiras. Ele promete que nunca mais traria o dilúvio outra vez, por causa das más ações dos homens.

E ele os abençoa por duas vezes para que sejam férteis e para que frutifiquem. E estabelece uma aliança visível com a humanidade, simbolizada pelo seu arco nas nuvens. Deus encoraja Noé e seus filhos, para se moverem e enxergarem para além do momento, para perceberem que o futuro pode e dever ser construído.

"Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã." Salmos 30:5



Leia Também:

A Criação do Mundo no Princípio
A Criação do Mundo
O poder criador da palavra de Deus ecoou pelo cosmos, transformando
E Falou Caim Com Seu Irmão Abel
Ao examinarmos o curso da história da humanidade
jacó lutou com o anjo
Jacó Luta com o Anjo
A luta de Jacó com o Anjo no vau do rio Jaboque. Jacó não desistiu, lutou com o
Comentários


Antonio Carlos - 30/11/13
gostei muito, que Deus continue usando voces para dar inspiracoes para nos.
Simone Beatriz - 13/01/14
e de grande utilidade usar o estudo bi­blico pois tem me fortalecidos na minha caminhada com Deus. Sou grato a Deus por tudo, pelo que o senhor tem feito a minha fami­lia. Meu muito obrigado.
Lucio Guimaraes - 18/02/14
Otima essa visao que voce teve.....tremendo. Deus lhe abencoe.