A Grande Prova de Abraão



Abraão Oferece Isaque em Sacrifício

08 Outubro, 2013


Esta é uma das passagens mais difíceis do Antigo Testamento, e que parece desafiar o entendimento de toda a bíblia.

Abraão e Sara vinham esperando há décadas por um filho. Deus os tinha prometido repetidamente que eles teriam muitos descendentes, tantos quantas fossem as estrelas do céu, ou o pó da terra, ou ainda os grãos de areia do mar.

E eles esperam, mas nenhum filho lhes é dado. Sara em desespero, sugere que Abraão tenha um filho com sua serva Agar, e ele tem, nasce Ismael, mas Deus fala a Abraão: Não é este o filho da promessa. O tempo passa, Sara envelhece, agora ela é avançada em idade, incapaz de ter filhos por meios naturais.

Anjos "disfarçados" de homens vêm a tenda de Abraão e a prometem novamente um filho. Sara ri, mas um ano depois nasce Isaque. A alegria de Sara é indescritível, um louvor nasce em seus lábios. E ela diz:

"Deus me tem feito riso; todo aquele que o ouvir se rirá comigo. Disse mais: Quem diria a Abraão que Sara daria de mamar a filhos? Pois lhe dei um filho na sua velhice" Gênesis 21:6-7.

O Sacrifício de Isaque

Mas o dia da provação é chegado. Abraão se apresenta prontamente ao chamado divino. Deus lhe dirige duras e pesadas palavras:

"Toma agora o teu filho, o teu único filho, Isaque, a quem amas, e vai-te à terra de Moriá, e oferece-o ali em holocausto sobre uma das montanhas, que eu te direi" Gênesis 22:2.

Todos conhecem o restante da história, Abraão toma a seu filho Isaque e eles viajam três dias até o local do sacrifício, e constroem um altar juntamente. Sob a promessa de que "Deus proveria para si um cordeiro", Abraão posiciona Isaque sobre a lenha do altar, ergue seu braço com um cutelo em sua mão, mas naquele momento...

"o anjo do Senhor lhe bradou desde os céus, e disse: Abraão, Abraão! E ele disse: Eis-me aqui. Então disse: Não estendas a tua mão sobre o moço, e não lhe faças nada; porquanto agora sei que temes a Deus, e não me negaste o teu filho, o teu único filho" Gênesis 22:11-12.

abraão e isaque indo para moriáAbraão Prepara Isaque para Oferecê-lo em Sacrifício.

Aprenda a PREGAR com o Gênesis, Cresça no Conhecimento da Palavra!

Acaba a provação, o supremo teste de fé, o clímax na vida daquele que seria, dali por diante, chamado de pai da fé. Este é o momento chave na história e na memória da fé, entretanto, é um fato profundamente problemático a ser entendido.

Porque Deus haveria de querer tomar um filho que Ele já tinha dado? Porque Deus colocaria este casal tão amado por Ele mesmo, sob tamanha provação? Porque Abraão, que havia anteriormente desafiado os céus, sobre o destino de Sodoma, não protestou contra este ato cruel que envolvia um inocente?

A interpretação padrão da maioria dos comentaristas, tanto antigos como os modernos, afirma que Abraão demonstrou todo o seu amor por Deus, querendo sacrificar o que ele possuía de mais precioso em sua vida, um filho que vinha esperando por tantos e longos anos para ter.

O teólogo cristão dinamarquês Sóren Kierkegaard, escreveu um livro muito interessante sobre esse assunto chamado "Temor e Tremor" , onde ele cunhou a idéia da "suspensão teológica da ética", a idéia de que por amor à Deus, podemos ser levados a praticar ações que seriam consideradas moralmente erradas.

Kierkegaard também procurou usar expressões como "fé no absurdo", Abraão sabia que Deus poderia fazer do impossível, possível.

Para Kierkegaard, a fé transcendia qualquer tipo de racionalidade. O rabino russo Yossef Dov Soloveitchik, via nessa passagem que nós não devemos ter a expectativa de sempre sermos vitoriosos, há situações em que somos vencidos, "Deus ordena que o homem abra mão daquilo que mais desejamos", dizia Soloveitchik.

O Sacrifício de Crianças no Antigo Oriente

Todas essas interpretações estão corretas, elas fazem parte da nossa tradição, mas acredito que há uma interpretação que vai além das já citadas acima, por uma única razão: Por toda bíblia, encontramos indicações de que o mais grave pecado de todos era o sacrifício de crianças.

A Torah e os Profetas sempre se referiam com horror a este tipo de sacrifício. Era o que os antigos pagãos costumavam fazer em seus cultos de ocultismo e feitiçarias. O profeta Jeremias profetizou sobre isso:

"Porque edificaram os altos de Baal, para queimarem seus filhos no fogo em holocaustos a Baal; o que nunca lhes ordenei, nem falei, nem me veio ao pensamento" Jeremias 19:5.

De forma semelhante o profeta Miquéias também o fez:

"Darei o meu primogênito pela minha transgressão, o fruto do meu ventre pelo pecado da minha alma?" Miquéias 6:7

Sacrifício de crianças foi o feitiço que o rei de Moabe fez, para que os deuses o fizessem vencer uma batalha contra os Israelitas:

"Mas, vendo o rei dos moabitas que a peleja prevalecia contra ele, tomou consigo setecentos homens que sacavam espada, para romperem contra o rei de Edom, porém não puderam.

Então tomou a seu filho primogênito, que havia de reinar em seu lugar, e o ofereceu em holocausto sobre o muro; pelo que houve grande indignação em Israel; por isso retiraram-se dele, e voltaram para a sua terra." 2 Reis 3:26-27

Isso é o que os idólatras fazem. Assim, como pode a Torah chamar o sacrifício de Isaque de suprema realização, se Abraão estava por fazer o mesmo tipo de sacrifício que os piores pagãos idólatras fazem?

O fato é que Abraão estava disposto a sacrificar seu filho, o que parece fazer dele (de acordo com os mandamentos contidos por toda a bíblia), alguém não muito melhor do que os adoradores de baal ou moloque, ou do que o rei pagão de Moabe.

Por isso as interpretações tradicionais não podem ser as únicas a mencionarmos aqui, há uma outra forma de olharmos para o sacrifício de Isaque, feito por Abraão. Mas para a entendermos, temos que ver o tema geral que a bíblia como um todo nos traz. Primeiramente, vamos ver algumas evidências para que possamos entender.

Entendendo os Princípios do Sacrifício de Isaque

O primeiro princípio é que Deus tem a terra de Israel em possessão. É por isso que Ele pode ordenar o retorno dessa propriedade aos seus donos originais, no ano de jubileu.

"Também a terra não se venderá em perpetuidade, porque a terra é minha; pois vós sois estrangeiros e peregrinos comigo." Levítico 25:23.

o sacrifício de isaqueO Anjo do Senhor Impede que Abraão Sacrifique Isaque.

Aprenda a PREGAR com o Gênesis, Cresça no Conhecimento da Palavra!

O Segundo princípio, afirma que os filhos de Israel pertencem ao Senhor, desde que Ele os redimiu da escravidão do Egito. Era isto que os Israelitas cantavam às márgens do Mar Vermelho:

"Espanto e pavor caiu sobre eles; pela grandeza do teu braço emudeceram como pedra; até que o teu povo houvesse passado, ó Senhor, até que passasse este povo que adquiriste." Êxodo 15:16.

E porque Deus tem os Israelitas em possessão, eles não podem ser vendidos ou transformados em escravos permanentes:

"Porque são meus servos, que tirei da terra do Egito; não serão vendidos como se vendem os escravos." Levítico 25:42.

Com o terceiro princípio, aprendemos que Deus é o real proprietário de tudo o que existe. Relacionado a esta profunda verdade, o talmud traz uma benção que tradicionalmente os hebreus recitam como reconhecimento e agradecimento antes de toda e qualquer boa experiência ou bom uso que possam ter das coisas criadas por Deus.

"O rabino Judah disse em nome de Samuel: Desfrutar de qualquer coisa deste mundo sem agradecer, é como se fizéssemos uso pessoal das coisas consagradas aos céus, desde que Ele diz: Do SENHOR é a terra e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam." Berakhot 35a (Talmud)

Tudo pertence a Deus, e devemos ter essa consciência antes de usufruírmos as coisas, e é isto que o agradecimento representa, o reconhecimento de que tudo o que temos é do Senhor.

Todos esses princípios formam a base da jurisprudência na Lei de Deus, de que Ele é o proprietário de tudo, por direito, pois Deus criou o universo, assim sendo, Ele é o real dono de tudo o que existe. Por isso mesmo, Deus é aquele que prescreve os meios e as condições pelas quais nós podemos nos beneficiar daquilo que foi por Ele criado.

O Direito das Crianças no Tempo Antigo

Voltando para Abraão e Isaque, no mundo antigo, as crianças eram consideradas propriedades legais de seus pais. Elas não possuíam direitos, nem eram consideradas legalmente como pessoas individuais.

Durante o império romano, havia o princípio de "patria potestas", em que um pai poderia fazer o que quisesse com seus filhos, até mesmo matá-los. Infanticídio era bem conhecido nos tempos antigos.

Era este princípio que tornava possível a prática do sacrifício de crianças, por todo o mundo antigo. As escrituras não toleram este tipo de holocausto, que é considerado o pior de todos os pecados.

A bíblia, porém, rompe com essa cultura, e busca estabelecer para os filhos, o mesmo que estabeleceu para o universo, para a terra de Israel e para o povo de Israel:

Nós não somos os donos de nossos filhos. Deus sim, Ele é o verdadeiro proprietário dos nossos filhos, e nós somos apenas seus guardiões em serviço do Criador.

E somente um evento tão dramático poderia estabelecer esta idéia tão revolucionária e sem precedentes no mundo antigo. É sobre isso que a história do sacrifício de Isaque quer mostrar. Isaque não pertence nem a Abraão, nem à Sara. Isaque pertence a Deus. Todos as crianças, jovens e adultos pertencem ao Senhor.

A verdade nesta história é que Deus não quer que Abraão sacrifique seu filho. O que Deus quer é que ele renuncie à propriedade de Isaque, que se concretiza, partindo de "teu filho, a quem amas" ao brado do anjo:

"Não estendas a tua mão sobre o moço, e não lhe faças nada; porquanto agora sei que temes a Deus, e não me negaste o teu filho, o teu único filho." Gênesis 22:12

Comprados com Preço de Sangue

O conceito de que somos propriedade do Senhor, começava a ganhar força apartir de então. Com o Êxodo, aprendemos o significado da redenção, quando Deus com seu braço forte liberta os filhos de Israel da servidão do Egito, tornando-se Senhor e proprietário do Seu povo.

E toda a história do povo de Deus, leva-nos à maior compra que houve na história da humanidade.

O preço que foi pago, em resgate de todos os homens. Deus em Jesus, com seu sangue derramado na cruz, pelo seu sacrifício único e perfeito, que substitui eternamente qualquer outro tipo de sacrifício, nos comprou de uma vez por todas, e nos fez propriedade santa, em possessão eterna do Senhor.

Essa é a história do sacrifício de Isaque, que se o filho de Abraão não lhe pertencia, mas era propriedade divina, de forma semelhante, nós, através da semente de Abraão, somos abençoados, todas as famílias da terra são abençoadas, pois fomos feitos propriedades divinas, comprados com preço do santo e precioso sangue de Jesus.

"Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus." 1 Coríntios 6:20

Aprenda a PREGAR com o Gênesis, Cresça no Conhecimento da Palavra!

Leia Também:

tabernaculo
O Tabernáculo
Por quase quinhentos anos o Tabernáculo serviu como o lugar para
Caim e Abel Estudo
Caim ainda tinha que aprender, imaginar, desenvolver e aplicar o
jacó lutou com o anjo
Jacó Luta com o Anjo
A luta de Jacó com o Anjo no vau do rio Jaboque. Jacó não desistiu, lutou com o


Deixe seu comentário:

Comentários Nome:


E-mail:


Comentário:




Estudos Bíblicos

Derrubando Muralhas de Jericó
Uma das histórias mais bonitas da blíblia, esta que nos fala sobre o cego de Jericó....
ESTUDO BÍBLICO
A Cura do Paralítico de Cafarnaum
Cafarnaum, vem do hebraico Kfar Nachum, ou seja, aldeia de Naum. Era uma aldeia...
ESTUDO BÍBLICO
O Filho Pródigo
Uma das histórias mais contadas e recontadas da bíblia, muito conhecida a parábola do...
ESTUDO BÍBLICO
Zaqueu o Publicano
A história da conversão de Zaqueu se passa em Jericó, uma cidade que ficava...
ESTUDO BÍBLICO
A Cura Emocional
Se há um sentimento que permeia a alma do ser humano, este é o da culpa...
ESTUDO BÍBLICO
A Mulher Adúltera
Era muito difícil a posição da mulher na cultura judaica do primeiro século...
ESTUDO BÍBLICO
A Mulher Samaritana
Missões é um assunto de simples compreensão. Falar de Missões é falar...
ESTUDO BÍBLICO
A Fuga de Jacó
Encontramos no livro de Gênesis, capítulo 28, uma naração...
ESTUDO BÍBLICO
A Mulher Cananeia
Muito edificante a história da mulher cananéia. Esta é uma narração que...
ESTUDO BÍBLICO
Jesus Anda Sobre o Mar
Amplamente conhecida a história em que Jesus e Pedro andaram sobre as àguas...
ESTUDO BÍBLICO
Jesus o Pão que Desceu do Céu
Tendo Jesus andado sobre as àguas, socorrido os seus discípulos que estavam a...
ESTUDO BÍBLICO
A Cura de um Cego de Nascença
Este homem, cego, que havia passado toda sua vida na escuridão, era visto...
ESTUDO BÍBLICO
A Cura do Leproso
E ali estava o leproso. Uma vida devastada pela lepra. Até o dia...
ESTUDO BÍBLICO
A Ressurreição de Lázaro
clamou com grande voz: Lázaro, sai para fora...
ESTUDO BÍBLICO
O Paralítico no Tanque de Betesda
Trinta e oito anos paralítico e ele estava ali...
ESTUDO BÍBLICO
O Sermão da Montanha
Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus...
ESTUDO BÍBLICO
Jesus Acalma a Tempestade
E sentiram um grande temor, e diziam uns aos outros: Mas quem é este, que até o vento e o mar lhe obedecem?...
ESTUDO BÍBLICO
A Multiplicação dos Pães e dos Peixes
Deus pode usar, multiplicar e te fazer prosperar. Agora você precisa utilizar o que você tem...
ESTUDO BÍBLICO
Dê a César o que é de César
César representa este sistema humano que quer obter obediência atravéz do medo, pelo uso da força...
ESTUDO BÍBLICO
A Mulher do Fluxo de Sangue
Deus pode usar, multiplicar e te fazer prosperar. Agora você precisa utilizar o que você tem...
ESTUDO BÍBLICO
O Filho da Viúva de Naim
aproxima-se do esquife (uma espécie de urna fúnebre) e o toca. O cortejo é paralizado...
ESTUDO BÍBLICO
A Filha de Jairo
E Jesus, tendo ouvido estas palavras, disse ao principal da sinagoga: Não temas, crê somente...
ESTUDO BÍBLICO
A Ovelha Perdida
assim haverá alegria no céu por um pecador que se arrepende, mais do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento...
ESTUDO BÍBLICO
Nicodemos e o Novo Nascimento
Nicodemos, nome grego que significa "homem do povo", muito frequente entre os judeus. Nicodemos pertencia aos principais do judaísmo...
ESTUDO BÍBLICO
O Bom Pastor
O redil era frequentemente cercado por uma muralha de pedra, e , por sobre o muro, colocavam feixes de espinhos ...
ESTUDO BÍBLICO
A Galiléia
No primeiro século de nossa era, a Galiléia era limitada a sudoeste pela cordilheira do Carmelo. A Galiléia se estendia a sudeste ...
ESTUDO BÍBLICO
Caim e Abel
Eles possuíam cerda de 100 a 130 anos de idade, quando Caim matou abel ...
ESTUDO BÍBLICO
A Criação do Mundo
"No princípio Deus Criou os Céus e a Terra". Esta afirmação de do livro do Gênesis, capítulo 1.1, já foi tema de muitos debates ...
ESTUDO BÍBLICO
O Natal - O Nascimento de Jesus
Ainda no Jardim, com a queda do homem, Deus em sua graça e misericórdia fez uma promessa de redenção ...
ESTUDO BÍBLICO
A Pesca Maravilhosa
E Jesus espremido pelo povo, ensinando, sobe no barco de Pedro e se distancia um pouco da margem ...
ESTUDO BÍBLICO
A Pecadora Ungiu Pés Jesus
Jesus, pés descalços, pés empoeirados, cheios de marcas dos caminhos que passara. Quanta simplicidade ...
ESTUDO BÍBLICO
A Cura do Cego de Betsaida
Cuspir nos olhos pode ser considerado algo um tanto estranho para nós que somos do século XXI...
ESTUDO BÍBLICO
A Parábola do Semeador
E falou-lhe de muitas coisas por parábolas, dizendo: Eis que o semeador saiu a semear...
ESTUDO BÍBLICO
A Parábola do Joio e do Trigo
A Parábola do Joio e do Trigo, no livro de Mateus cap. 13:24-30, está intimamente ligada...
ESTUDO BÍBLICO
A Parábola do Grão de Mostarda
A Parábola do Grão de Mostarda, descrita no texto de Mateus 13:31-32, uma pequena semente...
ESTUDO BÍBLICO
Jesus no Getsêmani, Suor e Sangue
E o seu suor tornou-se em grandes gotas de sangue, que corriam até ao chão...
ESTUDO BÍBLICO
Jesus é Preso
E Jesus lhe disse: Judas, com um beijo trais o Filho do homem...
ESTUDO BÍBLICO
Jesus Perante Caifás e Sinédrio
Eu o sou, e vereis o Filho do homem assentado à direita do poder de Deus, e vindo sobre as nuvens do céu...
ESTUDO BÍBLICO
As Bodas em Caná
Quando ele provou do vinho que Jesus transformara da água, cuja procedência ele desconhecia...
ESTUDO BÍBLICO
Preparativos da Última Ceia
Quinta-feira era o primeiro dia da Festa dos Pães Asmos, em que os judeus imolavam...
ESTUDO BÍBLICO
Jesus é Flagelado
Quantas lamúrias precediam uma flagelação! As vítimas gritavam por misericórdia...
ESTUDO BÍBLICO
A Verdade Vos Libertará
"E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." Para cada percepção de verdade na existência humana...
ESTUDO BÍBLICO

a cruz de jesus